Seja Bem Vindo!!!

Paz seja Convosco!!!

Depois de quase quatro anos sem nenhuma postagem (Precisamente 3 anos 9 meses e 18 dias), volto a ativa e Louvo a Deus por isso. Foi um período de tribulações, perdas materiais e muito planger. Porém, foi também um período de bençãos, quando ganhei mais três netos (um menino e duas meninas). É no deserto que podemos ter certeza que Deus jamais nos abandona (se fosse o contrário pereceríamos).

Um grande abraço!!!

Pastor Gilberto Pratas


O único caminho

O único caminho

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Pastor Gilberto Pratas: Um Abismo Chama Outro Abismo

TEXTO BASE: SALMO 42:7

O dicionário ON-LINE da língua portuguesa define a palavra abismo como: a)grande profundidade que se supõe insondável e tenebroso; b)coisa ou ser misterioso e incompreensível, ou seja, mistério; c)grande separação.

O versículo dehoje nos leva a uma profunda meditação e qualquer que seja a conclusão que chegarmos sabemos que em todas as coisas um abismo chama outro abismo. Se você pensar em maldade, um abismo de maldade chama outro abismo de maldade; um abismo de pecado chama outro abismo de pecado, porém se você procura um abismo de pureza encontrará abismos de pureza em sua vida.

Entendo então que todo aquele que procura por um abismo correrá o risco de entrar nas profundezas de coisas nunca antes vividas, isto em qualquer área da vida. Por isso eu lhes digo que se nos entregarmos aos abismos de Deus poderemos viver um verdadeiro e genuíno avivamento.

Quando eu digo entrarmos nos abismos de Deus não quero dizer das coisas superficiais existentes em nossa vida e que chamamos de avivamento, pois estas coisas são pequenos buracos e estão muito longe de um abismo. Não sou eu quem digo e sim a Palavra de Deus que nos afirma:

As coisas que os olhos não viu, e o ouvido não ouviu,
e não subiram ao coração do homem, são as coisas
que Deus preparou para os que o amam. (I Corintios 2:9)

Então, só mudaremos se entrarmos em abismos mais profundos pois as coisas de Deus são profundas. Logo Deus tem abismos preparados para os verdadeiros corajosos, que estão ainda encobertos mas a disposição para os que tiverem a coragem de se lançarem nestes abismos.

Por isso devemos viver a verdade, pois nada se mantém através de uma construção mal feita, sem planejamento, mal organizada e sem alicerces fortes. Não devemos construir nosso palácio em cima de areia mas sim sobre rocha firme. E essa rocha é Deus que nos dá estrutura suficiente para não cairmos frente às tempestades da vida. Lembre-se que temos um compromisso com o objetivo divino que é o de manter a harmonia, a paz e a dignidade humana.

Muitos estão em abismos negros e profundos e suas vidas vão de mal a pior, outros vivem pesadelos e são constantemente angustiados pela dúvida e pelo pecado. Esquecem que no Calvário nossos pecados foram perdoados e Satanás foi derrotado. Então por que continuar vivendo em afrontas e abatimentos?

É necessário aprender a conquistar nossa alma. O nosso pior inimigo está dentro de nós, fomos escravizados por Satanás no passado, mas agora estamos libertos, precisamos então tomar posse da nova vida que Deus tem para nós.

Como tomar posse?

1º - Conhecer a verdade. Quem sou eu; qual é a minha personalidade; quais são os meus desejos; o que eu valorizo; o que eu abomino; o que eu sou e o que Deus quer que eu seja; quais são as franquezas da minha alma, onde o inimigo pode me escravizar; Aqui você abre o coração, sai das trevas para a luz.

Porque a Palavra de Deus é viva, e eficaz,
e mais cortante do que qualquer espada
de dois gumes, e penetra até ao ponto
de dividir alma e espírito, juntas e medulas,
e apta para discernir os pensamentos e
propósitos do coração. (Hebreus 4:12)

2º - Identificar contradições. Todos os dias somos testados. Somos puxados para direções opostas daquelas que julgamos ser corretas. Paulo relata em Romanos 7:15-25 sua luta interior. Por isso é necessário a identificação das contradições para não nos tornarmos vítimas delas.

3º - Cancelar a acusação. Se nossa divida já foi paga e a duplicata já foi rasgada, porque então ainda vivemos com acusação no nosso coração?

Havendo riscado o escrito de dívida que havia
contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário,
removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz;
e, tendo despojado os principados e potestades, os exibiu
publicamente e deles triunfou na mesma cruz.(Col 2:14-15)

Agora, pois, já nenhuma condenação há para
os que estão em Cristo Jesus.(Romanos 8:1)

4º - Identificar áreas de franquezas sob o controle do inimigo. Nestas áreas de fraqueza o inimigo prevaleceu no passado e deixou suas marcas; Devemos fortalecer nossa vontade no Senhor, para sermos libertos. Essa libertação é uma reconquista da nossa vontade soberana.

Ele vos vivificou, estando vós mortos nos
vossos delitos e pecados, nos quais outrora
andastes, segundo o curso deste mundo,
segundo o príncipe das potestades do ar,
do espírito que agora opera nos filhos
de desobediência, entre os quais todos nós
também antes andávamos nos desejos da
nossa carne, fazendo a vontade da carne e
dos pensamentos; e éramos por natureza
filhos da ira, como também os demais. (Efesios 2:1-3)

5º - Buscar a Cristo. Entrar com confiança no santíssimo lugar, baseados na propiciação que há pelo sangue de Jesus; buscando refúgio, socorro, a força do Senhor, a virtude que só em Deus há, deixar Deus acrescentar, derramar, encher, limpar, purificar, sanar, curar, libertar. Jamais confiar em nossas forças.

Nisto conheceremos que somos da verdade,
e diante dele tranqüilizaremos o nosso coração;
porque se o coração nos condena, maior é Deus
do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.
Amados, se o coração não nos condena,
temos confiança para com Deus; e qualquer
coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos,
porque guardamos os seus mandamentos,
e fazemos o que é agradável à sua vista. (I João 3:19-22)

Assim agindo, poderemos conhecer as profundezas que Deus tem preparado para cada um de nós. Que o Senhor te abençoe com esta meditação!

Pregação feita na
17ª Igreja do Evangelho Quadrangular
Cascavel/Paraná

5 comentários:

  1. Pastor, boa tarde. Escrevo com muita tristeza em meu coração e lágrimas, pois hoje depois de cometer uma grande pecado o inimigo me acusou e meu coração se encheu de vergonha e remorço. Busquei na internet alguma palavra que pudesse confortar o meu coração. Entendi que de Deus não se zomba e que não sou, nem nunca poderei ser forte por mim mesma, mas que posso ser forte se deixar o Espírito Santo de Deus agir em mim. Depois de ler sua mensagem e meditar na palavra de Deus, entendi o porquê de não ter o que tenho pedido ao Senhor. Obrigada, obrigada e muito, muito obrigada. Agora bem sei o que fazer.

    ResponderExcluir
  2. Pr Gilberto Alexandre Pratas9 de novembro de 2011 11:35

    Oi Anônimo! Paz.
    Primeiro: Quero lhe agradecer por ter entrado nesta página, e convidá-lo para fazê-lo frquentemente.
    Segundo: Se você encontrou nestas páqinas uma Palavra que lhe trouxesse conforto, fico muito contente. Na verdade quem a trouxe aqui foi o Espírito Santo, pois Ele sempre nos leva ao local onde possamos encontrar aguas de descanso e refrigério para nossa alma.
    Por tuas palavras sei que és conhecedora da Palavra de Deus e digo que não existe grande pecado, pois todo pecado é ofensa a Deus e o encardido fez o que lhe é peculiar: acusar.
    Fico contente que você tenha ficado com vergonha e remorso, pois isso mostra o temor que devemos ter de Deus. Conhecê-lo, procurar não magoar o Seu Santo Espírito é nossa função. E podemos ter a certeza que Ele é misericordioso e pode nos perdoar quando nosso arrependimento é sincero.
    Fique na Paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  3. Paz Gilberto.
    Lendo o texto de sua mensagem, fui compelido pelo Senhor a acrescentar algo referente a leitura. Se você me permitir o obséquio é claro.
    A mensagem tem como escopo, o tema abismo, e o autor do texto, naquela oportunidade, apresenta os desafios da alma. Clamando para que ela(alma dele) não caísse no abismo, porque este tema, tem haver com o que o Senhor falou para Caim: "Gêneses 4:7 -Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado(abismo) jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar."
    A palavra de Deus nos revela que tudo o que é de Deus, "sobe", para o alto, e chega na presença d´Ele . Assim como o Senhor Jesus subiu ao céu e esta assentado no trono regendo as nações.
    O objetivo aqui não é especificamente questionar o cair, mas ter o pensamento voltado para o alto. Nas coisas que estão no céu, buscar aquele que esta sentado no trono celestial. Porque esta escrito: "...da justiça porque vou para o Pai..."
    Porque tudo o que é relacionado a Deus, a mensagem principal é reconciliação, união, restabelecimento daquilo que foi caído, quebrado.
    Devemos ter o pensamento voltado ao retorno de um relacionamento que foi quebrado, caído, separado. Porque Deus é vida, e separados d´Ele, estamos mortos. Por isto, quem não esta religado, não tem a presença do Espírito Santo que vem do Pai prometido pelo Filho Jesus. E esta união vem pela fé no Filho de Deus.
    O que procuro relembrar nestas palavras, é a questão da busca. Se buscamos conhecimento, sem entender que estamos construindo uma relação com Deus, nos enfadamos pelos muitos dizeres sem eficácia da ação de Deus. Mas se buscamos um relacionamento vivo com Deus, então buscamos a realidade do Espírito Santos sobre nossas vidas, e com isso o poder da vida em nós. Se compreendemos a realidade do Espírito Santos em nós, estamos reconciliados com Deus, e o propósito principal d´Ele é nos limpar de todo pecado.
    Pondera nesta observação, “o Espírito Santo não é um abismo, mas Ele foi enviado do céu para nos conduzir a toda verdade e benção de Deus, conforme a promessa feita pelo Filho quando ainda estava na terra”.
    Moisés

    ResponderExcluir
  4. Perfeito e necessário. Estou passando por um abismo e me identifiquei muito com suas palavras.

    ResponderExcluir
  5. Paz do Senhor pastor. Eu e meu esposo estamos passando por alguns problemas, mas são problemas financeiros. E fomos falar sobre esses problemas p o pastor por que nós não estávamos indo a igreja por que não tinha nem dinheiro p ir a igreja. A resposta dele foi :" Um abismo chama outro abismo." Eu fiquei muito triste por ouvir isto de um pastor, me sentir uma pessoa imunda e como se estivesse no pecado p esta passando por isso. Como cristã não achei serto um pastor falar isso, acho que nem um ímpio merece ouvir isso, uma palavra muito forte. Já estamos muito triste pelos problemas, e pensando em ouvir uma palavra de amigo, ou até mesmo vamos orar para que Deus venha nos ajudar. Mas não foi isso, e me deixou mais triste e revoltada com as igrejas e pastores de hoje. O Senhor como um pastor acha isso serto?

    ResponderExcluir